Cintura Quadril

RELAÇÃO DA CINTURA E O QUADRIL - Estudos científicos relacionam futuras doenças e risco à saúde com a quantidade de gordura depositada em determinadas partes do corpo, como na região abdominal (barriga). Esse teste é uma das formas de quantificar o risco à saúde de homens e mulheres de acordo com os depósitos de gorduras.

CIRCUNFERÊNCIA DA CINTURA - Por intermédio de uma fita métrica aferir a circunferência do abdômen na altura do umbigo, coletar a medida em centímetros (cuidado para que a fita fique bem posicionada, sem dobras e alinhada horizontalmente), a fita não deve ser apertada e sim somente colocada na barriga.

CIRCUNFERÊNCIA DO QUADRIL - Por intermédio de uma fita métrica aferir a circunferência do quadril na altura da maior circunferência das nádegas, coletar a medida em centímetros (cuidado para que a fita fique bem posicionada, sem dobras ealinhada horizontalmente), a fita não deve ser apertada e sim somente colocada no quadril.

TABELA DE RELAÇÃO CINTURA - QUADRIL

CLASSIFICAÇÃO DE RISCOS PARA HOMENS

IDADE

BAIXO

MODERADO

ALTO

MUITO ALTO

20 a 29

< 0,83

0,83 a 0,88

0,89 a 0,94

> 0,94

30 a 39

< 0,84

0,84 a 0,91

0,92 a 0,96

> 0,96

40 a 49

< 0,88

0,88 a 0,95

0,96 a 1,00

> 1 ,00

50 a 59

< 0,90

0,90 a 0,96

0,97 a 1,02

> 1,02

60 a 69

< 0,91

0,91 a 0,98

0,99 a 1,03

> 1,03

CLASSIFICAÇÃO DE RISCOS PARA MULHERES

IDADE

BAIXO

MODERADO

ALTO

MUITO ALTO

20 a 29

< 0,71

0,71 a 0,77

0,78 a 0,82

> 0,82

30 a 39

< 0,72

0,72 a 0,78

0,79 a 0,84

> 0,84

40 a 49

< 0,73

0,73 a 0,79

0,80 a 0,87

> 0,87

50 a 59

< 0,74

0,74 a 0,81

0,82 a 0,88

> 0,88

60 a 69

< 0,76

0,76 a 0,83

0,84 a 0,90

> 0,90


Atenção: "Essas tabelas representam uma média geral da população, sujeita a mudanças individuais".